BLOG

Saiba como prevenir a desidratação


O mergulho é uma atividade física que, como qualquer outra, nos faz perder muita água. Durante um dia normal nosso corpo perde aproximadamente três litros de água. Em um dia de mergulho, podemos gastar quase o dobro dessa quantidade. #cursodemergulholivre

Uma pessoa estará desidratada quando o fluido ingerido for insuficiente para repor o montante de fluido perdido. Qualquer coisa que reduza a entrada de líquidos ou torne maior a perda, aumenta, por sua vez, a propensão à desidratação. #desidrataçãonomergulho

Na água ocorrem dois processos: a diurese da imersão e a própria reação do nosso corpo ao frio. Ambos ativam o desejo de urinar através de um fenômeno fisiológico perfeitamente explicável. A pressão d’água força o sangue a sair da perna e circular por todo o corpo. Os vasos sanguíneos, por sua vez, se contraem, restringindo a circulação para reduzir a perda de calor. Com isso o sangue é empurrado para o centro do corpo, o que faz com que o organismo entenda esse acúmulo de sangue no centro como uma sobrecarga de volume, emitindo então aos rins sinais para a liberação de urina. #treinamentodeapneia

No mergulho autônomo, respiramos ainda ar comprimido, um ar extremamente seco que tem de ser umidificado pelos nossos pulmões, fazendo com que mais uma vez nosso corpo perca água. Como podemos notar, são diversos os modos pelos quais podemos e líquidos, principalmente quando estamos em um ambiente subaquático.

A ocorrência da desidratação pode trazer sérias consequências para um mergulhador. A desidratação é um fator de risco importante para a doença descompressiva, já que há uma diminuição na quantidade de sangue no corpo. Essa redução no volume de sangue afeta a habilidade do corpo de se livrar de gases, como nitrogênio, facilitando o aparecimento de bolhas e a possibilidade destas se juntarem.

Além disso, a diminuição do volume de sangue faz com que o coração tenha de trabalhar mais arduamente. Isso leva a uma queda na resistência e obviamente a um maior cansaço, diminuindo o desempenho no mergulho.

Desidratar é perder não somente água como também alguns sais, entre eles o potássio, aumentando a possibilidade de desenvolvimento de cãibras.

Como prevenir?

Beba bastante água. Em dia de mergulho, consuma cerca de 4 litros ou 16 copos d’água. Mas de nada adianta a ingestão de todo esse líquido de uma só vez. Em média, nosso organismo tem a capacidade de absorver somente 800 ml de água por hora. O que for consumido a mais será jogado fora na forma de urina. Portanto, tome água em intervalos regulares durante todo o dia.

O mergulhador tem de se policiar.

Muito importante: Quando estamos fazendo atividades na água por estarmos em contato direto com o meio líquido, muitas vezes nos distraímos e esquecemos de beber água.Não espere a cede chegar para beber água, a sede já é um sinal de desidratação.

Como saber se você está ou não desidratado?

Os indicadores mais comuns são a sensação de sede, como já foi dito anteriormente, e a quantidade e frequência com que você urina. Uma pessoa adulta de peso médio e bem hidratada urina de um litro a um litro e meio por dia. Além disso, a urina é bem clara e inodora.

Como se manter hidratado?

Além da própria água, é indicado qualquer líquido que contenha concentrações adequadas de soluto (glicose ou sais), pois pesquisas indicam que isso facilita a absorção pelo intestino. A água de coco e as bebidas de esportistas, como Gatorade e similares, são muito bons quando usados de maneira preventiva, mas não servem para o tratamento de um indivíduo já desidratado.

Refrigerantes, por sua vez, contêm pequena concentração de sais e grandes quantidades de açúcares. No entanto, apresentam em sua constituição substâncias diuréticas, como cafeína. Portanto não constituem uma forma muito eficaz de reposição, sendo preferível substituí-lo, por exemplo, por um suco. Tanto o álcool quanto o café são bebidas que devem ser evitadas, pois além de conterem uma alta concentração de substâncias diuréticas, interferem no funcionamento do sistema nervoso. Alguns alimentos, como frutas e legumes, podem conter em sua composição até 80% de água, sendo recomendados como forma de reposição de líquidos para o nosso organismo.

ÚLTIMAS POSTAGENS
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square

VENHA PARTICIPAR

DE FORMA SEGURA

DE UMA AVENTURA NA ÁGUA

Preencha o formulário e envie sua mensagem.

(61) 9 9917-4561

Marconi

© FRONTEIRA SUB   -   TODOS OS DIREITOS RESERVADOS     |     CRIADO POR WIN7.COM.BR